Eleições 2010

Gente só uma coisa: Com Dilma ou sem Dilma, com Serra ou sem Serra; digo uma coisa: não adianta o povo poder comprar uma televisão de LCD de 42″ e nâo ter o dinheiro do seu imposto aplicado em saúde, escolas e seguraça. Isso que é MUDANÇA. Não estou falando em partido e nem em candidato ok? Só uma cobrança.
Agora, Weslen (sei lá) Roriz… ai não tem opção…

TSE X STF – a briga continua…

Essas eleições estará marcada por umas das eleições mais conturbadas de toda a história.

Não por revoluções, brigas e o voto a voto, mas sim por briga entre dois tribunais que não se entendem. Quem está lendo, por favor, diz pra mim: Pra que que serve o TSE? A decisão do ficha limpa não coube a ele, nem como se vota coube ao TSE. Agora nas eleições basta o eleitor levar um documento oficial com foto, simples, o TSE, pretendendo proteger o processo democrático e evitando as falcatruas está submisso a ele, o STF, que está a favor do governo, óbvio,  a malandragem tem que imperar.

Nesta singela opinião, devo salientar na urgência da reforma do Judiciário. Imagine que o TSE é composto por por no mínimo sete membros sendo eles três juízes escolhidos dentre os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), dois juízes dentre os ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e dois advogados, entre seis, de notável saber jurídico e idoneidade moral, indicados pelo STF e nomeados pelo presidente da República. Serão também eleitos substitutos em número igual por categoria. Com todos esses juízes de todas as cortes, eles não tem competência para julgar o mérito de uma eleição? Isso tem que mudar.